Ágil – Quando os meios justificam os fins

Agil - Quando os meios justificam os fins

Com a alta competitividade do mercado, o ambiente de projetos exige a cada dia uma resposta rápida para atender as necessidades do Negócio. Entendendo que cada contexto exige uma solução diferente, podemos utilizar métodos ágeis, híbridos (ágil + tradicional) ou tradicionais para resolver os mais variados tipos de problemas e desafios.

Visto que temos um universo de possibilidades para atender as necessidades do Negócio, você como Cliente ou Fornecedor de soluções, já parou pra pensar a que custo as suas demandas são entregues? Você já se perguntou qual o impacto desta demanda dentro da sua organização? Sua empresa ficou melhor ou pior após a conquista de mais este desafio?

Como Agile Coach atuo como um agente provocador, que busca trazer os questionamentos adequados para a evolução dos Times e objetivando a melhoria do “Todo”. Sendo o mais objetivo possível, é necessário enraizar o conceito de Time, onde é necessário o envolvimento de todos, desde o Cliente até às áreas de apoio. Assim como os projetos devem atender a estratégia da Organização, os Times devem buscar o sucesso das execuções, agindo de forma colaborativa e focada no que realmente traz valor naquele momento para o Negócio.

No final de todas as empreitadas, o objetivo do pensamento ágil é que sua empresa tenha crescido no atingimento de mais um objetivo. Cito aqui alguns indicadores desta melhoria. Os Times terão:

•   Se comunicado mais efetivamente através do trabalho em equipe;

•   Aprendido o que fazer para realizar uma melhor entrega neste momento e o que fazer para não cometer os mesmos erros nas próximas;

•   Despertado o senso crítico para o que realmente tem valor, através de pequenas entregas de itens priorizados;

•   Realizado a melhoria contínua dos processos existentes e de todos os envolvidos, através de reuniões diárias e retrospectivas/lições aprendidas.

A ideia principal do Ágil é o aprendizado adquirido (melhoria contínua) em cada demanda, o que chamamos de empirismo. Então, como o título deste pequeno artigo diz, trabalhamos forte no dia a dia (meios) e como resultado teremos entregas de valor (fins) para os nossos Clientes.

Comecemos a olhar mais para o que fazemos hoje, no momento em que as coisas devem de fato acontecer. Um crescimento do agora refletirá em ótimos resultados futuros e assim criaremos Times capazes de atender de forma satisfatória os desafios de hoje e do amanhã. Valorize seu Time e faça parte do seu crescimento. Seja Ágil.

Evandro Galvão

Evandro Galvão

Formado em Redes de Computadores, MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV e Professional Scrum Master I (PSM I) e PSK I (Professional Scrum com Kanban) pela Scrum.org. Membro atuante na transformação das Organizações através da melhoria contínua de processos, das relações humanas e mudança no Mindset. Fã de filmes e séries. Entusiasta e apoiador do movimento Ágil e busco a quebra de fronteiras para a sua aplicação, sempre visando a cadeia de valor.

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *